logo

Câncer de mama: saiba reconhecer os sinais da doença

Câncer de mama: saiba reconhecer os sinais da doença

Outubro Rosa é uma oportunidade para divulgar informações sobre o câncer de mama. Confira neste post quais são os sintomas, o diagnóstico e o tratamento! 

 

O que é o câncer de mama? 

câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve nessa região a partir da multiplicação desordenada das células. Ainda que a doença possa se manifestar em homens, as mulheres representam 99% dos casos.  

Há diferentes tipos de câncer de mama e, por isso, o problema pode evoluir de diversas formas. Todavia, o diagnóstico precoce proporciona uma maior oportunidade de cura. 

 

Fatores de risco 

Várias causas podem levar ao surgimento do câncer de mamaPorém, a idade superior a 50 anos se posiciona como um dos motivos mais recorrentes.  

Os demais fatores são divididos entre ambientais e comportamentais, da história reprodutiva e hormonal e genéticos e hereditários. Assim, no primeiro grupo as causas estão relacionadas à obesidade e ao sobrepeso após a menopausa, bem como ao sedentarismo, ao consumo excessivo de álcool e/ou tabaco e à exposição frequente a Raios X. Uma alimentação rica em carne vermelha e embutidos também pode se constituir como um risco. 

Já o segundo grupo está relacionado aos seguintes fatores: 

 

▪ Menarca antes dos 12 anos; 

▪ Ausência de reprodução; 

▪ Primeira gravidez após os 30 anos; 

▪ Menopausa depois dos 55 anos; 

▪ Uso de contraceptivos hormonais; 

▪ Reposição hormonal pós-menopausa. 

 

Por fim, o terceiro grupo diz respeito a fatores que envolvem o histórico de câncer de ovário ou de mama na família, especialmente antes dos 50 anos, alterações genéticas e, também, casos de parentes homens diagnosticados com câncer de mama. 

 

Sintomas do câncer de mama 

Os principais sintomas da doença podem ser assim descritos: 

 

▪ Dor na mama ou no mamilo; 

▪ Vermelhidão ou descamação; 

▪ Inversão do mamilo; 

▪ Irritação; 

▪ Inchaço; 

▪ Nódulos na região axilar; 

▪ Nódulo único endurecido; 

▪ Secreção com sangue ou escura; 

▪ Abertura de feridas; 

▪ Alteração no formato das mamas ou dos mamilos. 

 

Ademais, é importante ter o conhecimento de que boa parte dos tumores não manifestam sintomas no estágio inicial da doença. Portanto, é importante realizar exames preventivos com frequência. Ginecologistas e mastologistas são os especialistas que devem ser procurados para fazer avaliações rotineiras, bem como ser consultados após a manifestação de algum desses sintomas. 

 

Diagnóstico 

Em casa, os pacientes podem realizar o autoexame. Caso seja constatada alguma anormalidade, uma consulta deve ser agendada. 

No consultório, o(a) médico (a) realizará um exame clínico. Em seguida, exames de imagem, como a mamografia, a ultrassonografia e a ressonância magnética, podem ser solicitados. 

Em casos de suspeita de câncer de mamaé necessário realizar uma biópsia de parte do tecido coletado para verificar se as células são tumorosas. 

 

Tratamento 

Sem dúvida, cada caso possui particularidades. Dessa forma, os especialistas irão avaliar o perfil do(a) paciente para determinar o tratamento adequado.  

Os principais tipos de tratamento para o câncer de mama podem ser combinados ou feitos de forma exclusiva, sendo os mais conhecidos: 

 

▪ Cirurgia para retirada do tumor; 

▪ Radioterapia; 

▪ Quimioterapia; 

▪ Hormonioterapia; 

▪ Imunoterapia; 

▪ Cuidado paliativo. 

 

Como mencionado acima, quanto mais cedo for diagnosticado o câncer de mama, maiores são as chances de cura. 

 

Não deixe de realizar exames de rotina e, diante de qualquer sinal do câncer de mama, visite especialistas de confiança! 

 

Agende uma consulta por um valor acessível na Clínica Vittá 

Aqui, você encontra ginecologistas e mastologistas altamente capacitados, assim como uma estrutura completa para realizar os seus exames. 

 

Clique para Ligar
Agendamento Online