logo

Alterações no intestino grosso: entenda a importância da colonoscopia

Alterações no intestino grosso: entenda a importância da colonoscopia

O exame consegue detectar doenças silenciosas oferecendo a oportunidade de tratamento em tempo hábil. Saiba mais sobre a colonoscopia! 

 

O que é a colonoscopia? 

A colonoscopia é um exame que analisa todo o revestimento interno do intestino grosso e delgado. Portanto, não apenas irregularidades no cólon, como também no reto e no íleo terminal podem ser detectadas. Para tal, um instrumento tubular com uma microcâmera localizada em sua extremidade é introduzido pelo ânus. Além de fornecer imagens, o colonoscópio, como é denominada essa sonda, possibilita a retirada de amostras para biópsia. 

Apesar de muitos pacientes apresentarem insegurança, o procedimento não é doloroso causando somente um leve desconforto. 

 

Quais doenças são detectadas pelo exame? 

Antes de mais nada, o(a) proctologista solicita a colonoscopia quando o(a) paciente se queixa de dores abdominais, diarreia ou constipação crônica e sangramento intestinal ou fezes sanguinolentas. Ao mesmo tempo, o exame deve ser feito em quem possui câncer de cólon para acompanhamento, assim como pode ser recomendado em casos de anemia associada a outros sintomas.  

Dessa forma, a colonoscopia diagnostica: 

  

▪ Câncer intestinal, de cólon ou de reto; 

▪ Presença de pólipos; 

▪ Varizes ou doenças diverticulares; 

▪ Colite; 

▪ Doença de Crohn. 

 

Ademais, é recomendável que adultos acima de 50 anos se submetam ao exame com regularidade. Todavia, aqueles que apresentam casos de câncer de colorretal na família devem realizar a colonoscopia a partir dos 40 anos. 

 

Como a colonoscopia é feita? 

De acordo com a especificação médica, a pessoa recebe sedação intravenosa antes do procedimento. O mesmo é feito com a inserção do colonoscópio no reto com o intuito de alcançar o intestino delgado. Caso necessário, pode haver coleta de biópsia e até mesmo a extração de pólipos 

O(a) paciente permanece deitado de lado em uma maca durante todo o exame, o qual tem duração inferior a uma hora. Devido ao efeito do sedativo no organismo, é importante a presença de acompanhante. Aliás, o(a) paciente não deve dirigir ou trabalhar logo após a colonoscopia. 

 

Quais são os preparativos? 

Sobretudo, o preparo para o procedimento deve ser iniciado dois dias antes. A pessoa é orientada a adotar uma dieta pobre em fibras e gordura. Por exemplo, alimentos como arroz, massas brancas, carnes, ovos cozidos e líquidos são bem-vindos. 

Ao mesmo tempo, no dia anterior ao exame há a necessidade de ingerir laxativos para eliminar as fezes. 

 

Qual a importância da colonoscopia para alterações no intestino? 

Sem dúvida, a colonoscopia é imprescindível para diagnosticar pólipos ou câncer em estágios iniciais aumentando as chances de cura. Inclusive, a retirada dos pólipos detectados no exame evita o câncer de cólon e cirurgias abdominais. 

Os efeitos colaterais se limitam a náuseas, gases, vômitos e irritação no reto. Logo, o exame é seguro. Só para ilustrar, as complicações acometem menos de 1% dos pacientes. 

 

Acompanhe a saúde do seu intestino com regularidade para evitar o avanço de doenças graves.  

 

Na Clínica Vittá, além de contar com excelentes proctologistas, você pode realizar a colonoscopia por um preço acessível! 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias para oferecer melhor experiência e conteúdos personalizados, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


Li e aceito as políticas de privacidade.
Agendamento Online
Clique para Ligar